AMARAJI: Polícia Civil prende acusado de matar amigo a pedradas no Alice Batista


A equipe da Polícia Civil da 66ª Circunscrição em Amaraji, prendeu na manhã desta quarta-feira (23), José Edson Sena da Silva, autor do homicídio que teve por vítima Cícero Miguel, ocorrido no dia 07 deste mês na Rua José Alcides, no bairro Alice Batista, em Amaraji.

O acusado confesso do crime, alegou que matou Cícero a pedradas por motivo fútil, pois segundo José Edson, a vítima devia um valor que havia pego emprestado e não pagou. Por conta dessa dívida que seria de R$ 10,00 reais, no dia do crime vítima e acusado haviam discutido, antes do crime.

Após receber voz de prisão na manhã desta quarta, José Edson foi conduzido a delegacia e posteriormente ao Presídio de Vitória de Santo Antão.

ENTENDA O CASO

Populares acionaram a polícia no início da manhã desta segunda-feira (07/10), após encontrarem o corpo de um homem caído na rua Alcides Rodrigues no bairro Alice Batista, em Amaraji.

Algumas horas após a chegada das polícias civil e militar o corpo foi identificado sendo a vítima, Cícero José da Silva, 43 anos, conhecido por Cícero Perneta, residente no Engenho Ponta de Pau, zona rural de Amaraji.

De acordo com curiosos e com informações repassadas para a polícia, é provável que a vítima tenha sido morto a pedradas, já que ao lado do corpo havia uma pedra com muito sangue e os ferimentos no corpo caracterizam ter sido apedrejado, informação que será confirmada pelo Instituto de Medicina Legal.

Até o fechamento desta reportagem não havia suspeito e nem motivação. O caso será investigado pela equipe da 66ª Delegacia de Polícia Civil em Amaraji.

Amaraji Notícia

Nenhum comentário