VÍDEO: Audiência Pública debate recadastramento biométrico em Chã Grande


A Câmara de Vereadores de Chã Grande recebeu nesta terça-feira (23), Audiência Pública para debater o processo de recadastramento biométrico na cidade. Presidida pelo vereador Jorge Luís, presidente da Casa, a reunião contou com a participação de autoridades municipais, bem como a juíza da 31ª zona eleitoral, Izabel de Souza Oliveira, e o promotor eleitoral Ivan Viegas Renaux de Andrade, além dos desembargadores Itamar Ferreira da Silva Júnior e Agenor Pereira de Lima Filho, vice-presidente e presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), respectivamente.

Durante o encontro, foram apresentados números referentes ao processo de recadastramento biométrico na cidade. Segundo dados oficiais, pouco mais de 50% dos eleitores do município já realizaram o processo, em quatro meses. A proposta é de que o número chegue a 100% do eleitorado até o mês de dezembro, quando a campanha será encerrada na cidade. Quem não fizer o recadastramento terá o título eleitoral suspenso, o que acarretará também no corte de benefícios sociais.

"É de grande importância fazer o recadastramento biométrico não só para que o eleitor possa votar, mas também garantir alguns direitos seus, como garantir que não percam o Bolsa Família por falta de título eleitoral, já que se não fizer o recadastramento biométrico o título será cancelado e pode gerar consequências de perda do Bolsa Família, aposentadoria, não pode ser nomeado em concurso público. Então tem uma série de prejuízos se não fizer o recadastramento biométrico", lembrou o desembargador Agenor Ferreira.

Também na reunião, foram esclarecidas dúvidas da população com relação ao processo de recadastramento biométrico, que já será aplicado na próxima eleição municipal, no ano que vem, o que, segundo o TRE, trará mais segurança e agilidade ao processo eleitoral.

O processo de recadastramento biométrico é feito através de duas etapas. Na primeira, os eleitores realizam o agendamento, através do site TRE-PE.JUS.BR. Em seguida, com a data e horário determinados, devem se dirigir até o Fórum Municipal, onde está sendo realizado o processo, que tem duração de poucos minutos. O novo título eleitoral é emitido no mesmo dia. Para quem não tem acesso a internet ou encontra dificuldades para realizar o agendamento, o procedimento está sendo realizado na Câmara Municipal e também na Prefeitura de Chã Grande, todos os dias. Basta apresentar documento de identificação pessoal.

ASSISTA A REPORTAGEM:

Nenhum comentário