Moradores de Chã Grande realizam protesto para cobrar explicações da Compesa sobre o abastecimento

A questão do abastecimento de água em Chã Grande vai ganhar as ruas da cidade nesta quinta-feira (27), através de um protesto organizado por um grupo de pessoas. O protesto pacífico sairá da Avenida São José, em frente a Igreja Matriz, percorrendo as principais ruas, com o objetivo de cobrar explicações da Companhia Pernambucana de Saneamento e Abastecimento (Compesa). A movimentação terá início às 10h.

Segundo os organizadores, algumas ruas da cidade já estariam há mais de 21 dias sem receber o abastecimento de água. Além disso, outra questão que tem provocado transtornos é a falta de divulgação do calendário da entidade para os bairros de Chã Grande. Com isso, as pessoas não sabem quando terão água em suas torneiras.

A ideia do grupo é produzir um documento, que será encaminhado para o Ministério Público de Pernambuco, onde, além de cobrar explicações, vão buscar soluções para a situação, já que o período de escassez de água, segundo eles, ainda não começou.

Atualmente, a cidade de Chã Grande á abastecida pelos sistemas de Macacos, Siriquita e a adutora de Amorinha. Esta última, construída pelo ex-governador Eduardo Campos, divide com Gravatá, que administra a barragem de Amora Grande, localizada no município de Amaraji.

Chã Grande News



Nenhum comentário