FECHAR

.....

.....

.

.

ÚLTIMAS

NOVA PESQUISA: Bolsonaro tem 59% dos votos válidos; e Haddad, 41%, diz BTG Pactual


Pesquisa de intenção de voto divulgada pelo Instituto FSB Pesquisa/BTG Pactual nesta segunda-feira (15) mostra o candidato Jair Bolsonaro (PSL) com 59% dos votos válidos na pesquisa estimulada, 18 pontos percentuais à frente do candidato Fernando Haddad (PT), que tem 41%.

Nas intenções totais, o pesselista aparece com 51% dos votos e o petista com 35%. Brancos e nulos somam 4%; não votam em nenhum dos candidatos são 6%; e 10% não sabem em quem votar ou não responderam à pesquisa. Segundo o instituto, 94% dos eleitores de Bolsonaro têm certeza do voto e não o trocarão até o dia da eleição. 89% de quem vota em Haddad também não deve escolher outra opção.

No quesito rejeição, 53% dos eleitores não votariam em Haddad de jeito nenhum, enquanto 38% não escolheriam Bolsonaro em nenhuma hipótese. O capitão reformado lidera entre as mulheres: 47% a 36% do professor universitário e entre os homens: 57% a 33%. A expectativa de vitória entre os eleitores é de 70% para Bolsonaro e 24% para Haddad.

Faixa etária
No recorte por idades, o petista vence entre jovens de 16 a 24 anos, com 46% a 41%. Bolsonaro lidera nas demais faixas etárias: 54% a 32% entre pessoas com 25 a 40 anos; 52% a 34% de 41 a 59 anos; e 56% a 30% entre os eleitores mais de 60 anos.

Escolaridade
O pesselista lidera em todas os graus de escolaridade: 43% a 41% entre quem cursou até a 4ª série do Ensino Fundamental; 42% a 41% entre quem tem da 5ª a 8ª série do Ensino Fundamental; 57% a 32% nos eleitores com Ensino Médio completo; e 63% a 25% entre quem tem o Ensino Superior completo.

Renda Familiar
Fernando Haddad aparece à frente entre quem recebe até 1 salário mínimo: 49% a 35%. Jair Bolsonaro é o primeiro entre quem ganha entre 1 e 2 salários mínimos: 52% a 33%; de 2 a 5 salários mínimos: 61% a 28%; e mais de 5 salários mínimos: 61% a 30%.

Regiões
No Nordeste, a preferência é para Haddad: 55% a 30%. No Sudeste, Bolsonaro vence por 59% a 26%. No Sul, a vantagem do pesselista aumenta: 63% a 24%. Por fim, no Norte/Centro-Oeste, o capitão reformado está à frente com 57% contra 34% do professor universitário.

População Economicamente Ativa (PEA)
Entre os eleitores que estão entre a População Economicamente Ativa (PEA), Bolsonaro tem 53% dos votos contra 33% de Haddad. Já na população fora da PEA, o candidato do PSL tem 48% contra 38% do candidato do PT.

Metodologia e registro
As entrevistas foram feitas por telefone com 2 mil eleitores entre os dias 13 e 14 de outubro e a pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sob o número BR-07950/2018. A margem erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Folha de Pernambuco

Nenhum comentário