FECHAR

.....

.....

.

.

ÚLTIMAS

Em Gravatá, candidatos apoiados por Joao Paulo são majoritários na cidade

Candidatos eleitos Waldemar Borges e Paulo Câmara ao lado de João Paulo e Zeca da Charque / Foto: Reprodução

O ex-vereador gravataense João Paulo de Lemos (PSB) foi um dos divisores de águas para a vitória do candidato a Deputado Estadual Wlademar Borges nas eleições no último domingo (07) em Gravatá. O candidato foi o mais votado obtendo 14,83% dos votos válidos, totalizando 5.167 votos na cidade.

João Paulo também declarou apoio ao candidato Sebastião Oliveira (PR) para Deputado Federal que foi o quinto mais votado na cidade obtendo 1.904 votos. O apoio reforçou o fortalecimento do nome do empresário gravataense apontado como um dos fortes opositores ao atual prefeito Joaquim Neto (PSDB) em 2020.

Outro apoio que foi fundamental de João Paulo para a reeleição em Gravatá, foi a do atual Governador Paulo Câmara (PSB), votado no município com 12.737 votos, ficando abaixo do candidato derrotado Armando Monteiro (PTB) por apenas 37 votos de diferença. O detalhe é que Armando foi apoiado também pelo atual prefeito Joaquim Neto e teve uma votação insignificante.

Além desses, outro candidato que saiu vitorioso no município foi o Senador Jarbas (MBD) com 12.479 votos e Humberto Costa (PT) com 12.591 votos, também apoiados pelo grupo de João Paulo.

Em contra partida, nenhum dos candidatos apoiados por Joaquim Neto conseguiu ser eleito na cidade, o que é um sinal vermelho para o gestor que vem perdendo cada vez mais apoio e popularidade.

Atualmente, João Paulo é presidente da Aciag (Associação Comercial de Gravatá), principal órgão empresarial da cidade responsável pela promoção de grandes sorteios de fim de ano. João Paulo também é presidente do Grupo Lemos, um dos maiores grupos de supermercados da região.

Nenhum comentário