FECHAR

.....

.....

.

.

ÚLTIMAS

Em Chã Grande, grupos ainda não iniciaram campanhas nas ruas


A legislação eleitoral determinou a última quinta-feira (16) como início para as campanhas eleitorais. Apesar de quase uma semana de campanha liberada, o que se viu em Chã Grande, até o momento, foi um clima de tranquilidade, como se não houvesse disputa eleitoral. Em seis dias, nenhum dos grupos saiu às ruas da cidade.

O máximo que os grupos de situação e oposição fizeram foram reuniões na zona rural de Chã Grande. Nesta segunda-feira (20), o grupo político do prefeito Diogo Alexandre (PR) visitou a comunidade de Tipim, enquanto que o grupo de oposição liderado pelo ex-prefeito Daniel Alves (PSB) esteve em Matias. Esta foi a primeira visita do grupo.

Na última sexta-feira (17), a região de Matias também foi visitada pelo prefeito Diogo Alexandre, seu vice, Sandro Advogado (PROS), e seus vereadores. Frexeiras e Lajedo Grande também estiveram na rota de visitas.

O grupo político de Diogo Alexandre prepara para a próxima segunda-feira (27) o pontapé oficial da campanha em Chã Grande. O mandatário deve receber os candidatos Sebastião Oliveira (PR) e Guilherme Uchoa Júnior (PSC), em sua propriedade na zona rural do município. De lá, a expectativa é que aconteça um movimento em direção a cidade, após a apresentação ao público dos postulantes aos cargos de deputado federal e estadual, respectivamente.

Com as novas regras eleitorais, que proibiram certos tipos de campanhas, a ideia é que o período seja marcado pela leveza. Carros de som, por exemplo, só podem participar de caminhadas, carreatas e comícios em que os próprios candidatos estejam presentes. Com a missão de percorrer pelo menos todo o estado de Pernambuco, será praticamente impossível para os postulantes mais que uma visita a uma cidade, nos pouco mais de 40 dias de campanha eleitoral.

Chã Grande News

Nenhum comentário