FECHAR

.....

.....

.

.

ÚLTIMAS

Consumidores estão com dificuldades para pagar conta da Celpe

Desde o dia 1° deste mês, casas lotéricas pararam de receber pagamentos de conta de luz em Pernambuco. A mudança ocorreu devido ao rompimento de um convênio entre a Caixa Econômica Federal e a companhia pernambucana. A medida, no entanto, complicou a vida de muitos consumidores, que encontram dificuldades em realizar o pagamento.

É o caso da artesã Irai Carneiro de Almeida, que tenta há dias tentar pagar seu débito. “Eu fui primeiro à lotérica, disseram que não aceitavam mais e que eu devia ligar para a Celpe. A Companhia me mandou ir à central. Fui lá, e eles também não aceitavam. Depois daí fui em Olinda, no Banco do Bradesco, porque disseram que aceitavam, e nada. Andei muito e não consegui”, explica.

Assim como Irai, outros clientes também esbarram na mesma dificuldade. Segundo a aposentada Márcia Maria Lima, quando ela tenta pagar a conta sempre aparece o aviso: “o sistema está fora do ar”. “Eu já estou vendo a hora cortarem a minha luz e eu ficar sem energia”, reclama.

Quando o problema entre os consumidores não é encontrar lojas autorizadas para realizar o pagamento da conta da Celpe, é conseguir ser atendido, já que as lojas autorizadas contam com o limite de atendimento diário. Se a fatura for muito alta e ultrapassar a cota diária, a loja não permite o pagamento.

Mudança

Em nota, a Celpe informou que "devido às dificuldades enfrentadas nas negociações com a Caixa Econômica Federal (CEF), que inviabilizaram a renovação do convênio de arrecadação, especialmente em função de seu alto custo para a empresa e, futuramente, aos próprios consumidores”, a medida precisou ser tomada.

A Celpe informou ainda que, no Estado, existem mais de 650 pontos de arrecadação e que até o final do ano, serão quase mil estabelecimentos credenciados a receber o pagamento. Os clientes que não desejarem sair de casa, podem utilizar o internet banking, os aplicativos dos bancos para smartphones, ou autorizar o débito direto na conta corrente. No terceiro caso, o cliente precisa solicitar autorização em sua agência bancária ou ao gerente de sua conta.

JC

Nenhum comentário