FECHAR

.....

.....

.

.

ÚLTIMAS

Caminhada marca a luta contra a exploração e abuso sexual de crianças e adolescentes


Nesta sexta-feira (18), todo o Brasil lembrou os 45 anos do caso da criança Araceli Cabrera, morta após ter sido estuprada por dois homens de classe média do estado do Estado do Espírito Santo. Apesar do caso chocante, os acusados jamais foram condenados pela justiça. Por conta disso, o 18 de maio é marcado em todo o país pela luta contra a exploração e abuso sexual de crianças e adolescentes. Em Chã Grande, não foi diferente.

Estudantes de escolas públicas e privadas, Casa das Juventudes, Conselho Tutelar, Secretaria de Desenvolvimento Social e a população em geral saíram às ruas para lembrar a importância do combate. A caminhada percorreu vários pontos da cidade, chegando até a Avenida São José, em frente a Prefeitura de Chã Grande.

No ponto central da cidade, algumas apresentações marcaram a programação. A primeira delas foi uma encenação da Casa das Juventudes, representando os vários tipos de abusos e exploração cometidos contra crianças e adolescentes. Em seguida, estudantes contaram um pouco da história da campanha, além de declamação de um cordel, preparado para esta data.

Nenhum comentário