FECHAR

.....

.....

.

.

ÚLTIMAS

Audiência pública é realizada em Chã Grande

A segurança pública do município foi tema de uma audiência pública realizada nesta quinta-feira (12), na Câmara Municipal de vereadores. Sob a presidência do prefeito Diogo Alexandre, a reunião contou com representantes do Banco do Brasil, de associações, vereadores, secretários, o vice-prefeito Sandro Advogado, o major Saraiva, comandante da 5ª Companhia Integrada da Polícia Militar (CIPM) e o subtenente Jânio Liberato, responsável pela PM no município, além da população em geral.


Durante mais de duas horas foram debatidos assuntos ligados as questões de segurança, bem como esclarecidas as dúvidas sobre o projeto de permuta entre a Prefeitura de Chã Grande e o Governo do Estado, através da Polícia Militar. A proposta, apresentada ainda no início da semana, pelo prefeito Diogo Alexandre, visa a troca do prédio da Escola Municipal Maria Amélia, no centro da cidade, com o atual Departamento de Polícia, localizado nas proximidades do Clube Recreativo.

Com a proposta, a Polícia Militar passará a funcionar no centro da cidade. Isso agradou o público, que busca formas de garantir mais segurança para toda a cidade. O presidente da Associação Comercial de Chã Grande (Acigran), Esmeraldo Júnior, comemorou. “Uma vitória do povo, dos comerciantes, a vitória é da segurança. Essa é uma luta que sempre ocorreu em todas as gestões da Acigran, e após o incidente bancário, essa luta se intensificou”, disse.

Segundo o major Saraiva, já é de entendimento do Comando da Polícia Militar a implantação de alguns métodos de segurança na cidade, como o madrugada segura, com rondas pelas madrugadas, tanto na cidade quanto na zona rural. “É um momento que vai, com certeza, trazer muitos benefícios para a população. A vinda da Polícia Militar aqui para o centro, realmente só vai trazer benefícios”, destacou.

Para que a proposta seja levada adiante, o prefeito Diogo Alexandre se comprometeu em enviar ao poder legislativo municipal o Projeto de Lei, que autoriza a permuta, para que passe pelos processos de votação do legislativo. Para o presidente Jorge Luís, a Câmara deverá agilizar o processo de aprovação da proposta, para que seja executada o mais breve possível.

“Vamos dar a maior celeridade possível a este projeto. Creio que todos os pares da Casa vão votar com tranquilidade, então podemos garantir que o Poder Legislativo vai agilizar e entregar ao Poder Executivo municipal para que ele esteja autorizado a fazer a permuta”, adiantou.

Para o prefeito Diogo Alexandre, a proposta beneficia duas áreas importantes do funcionamento de um município. Tanto a segurança pública quanto a educação estarão sendo atendidas pela mudança, já que a Polícia Militar estará no centro da cidade e um nova escola, com ainda mais espaço, será construída. “Lá nós vamos criar um ambiente com mais qualidade, para que os professores possam desempenhar seus trabalhos com uma qualidade acima do que já tem sido desempenhado nos dias atuais”, destacou.

Ao todo, a construção da nova escola deverá ter um custo de R$ 200 mil, arcados com recursos próprios do município, com uma previsão de, pelo menos, quatro meses para a conclusão. Enquanto isso, os alunos serão alocados no Salão Paroquial, no centro da cidade, o que não acarretará em prejuízos para o aprendizado.

Chã Grande News

Nenhum comentário