FECHAR

.....

.....

.

.

ÚLTIMAS

TRE manda o PSB retirar propaganda irregular

Com apenas três dias de campanha eleitoral, a coligação Pernambuco Vai Mais Longe, do candidato a governador Armando Monteiro Neto (PTB) obteve duas vitórias contra a Frente Popular, de Paulo Câmara (PSB), no Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Ambas por colocação irregular de material publicitário.

Na representação de número 103.964 e protocolo 433.142.014, os advogados do petebista reclamaram da propaganda localizada numa parada de ônibus da avenida Antônio de Góes, no Pina. Já na representação 104.049 com número de protocolo 433.832.014 a irregularidade estaria no posicionamento de cavaletes na Ponte Paulo Guerra, no mesmo bairro. Em ambas as ações do petebista teve êxito e conseguindo liminares para a retirada do material.

De acordo com o advogado da coligação encabeçada pelo PTB, Walber Agra, as representações têm mais um intuito pedagógico. “Observamos que eles (Frente Popular) estavam colocando placas e bandeiras em locais proibidos, como pontes e perto de pontos de ônibus. Então, entramos com as representações muito mais para efeito pedagógico e tivemos sucesso, hoje (ontem). Com a liminar eles terão que retirar a propaganda dos locais irregulares”, explicou.

Informado da decisão do TRE, o advogado da Frente Popular, Carlos Neves Filho, afirmou que entrará com um recurso. “Eles viram irregularidades e o juiz que julgou concordou, mas não encontramos nenhuma irregularidade. As bandeiras na Antônio de Góes estavam nas proximidades de uma parada de ônibus e não na própria parada. Já os cavaletes não estavam localizados na ponte e sim no canteiro central, já na descida. Não infringimos a lei, não atrapalhamos a circulação, por isso vamos recorrer para que o pleno decida”, avisou. De acordo com Neves Filho, os recursos serão encaminhados nesta quarta-feira (9).

Folha de Pernambuco

Nenhum comentário