FECHAR

.....

.....

.

.

ÚLTIMAS

Candidatos à Presidência lamentam derrota do Brasil na semifinal da Copa

Candidatos à Presidência da República lamentaram nesta terça-feira (8) pelas redes sociais a derrota do Brasil por 7 a 1 em jogo contra a Alemanha pela semifinal da Copa do Mundo de 2014. Leia abaixo o que eles disseram.

Dilma Rousseff (PT)

A presidente Dilma Rousseff (PT), que tenta a reeleição, disse pelo Twitter que, "assim como todos os brasileiros está "muito, muito triste" com a derrota. "Sinto imensamente por todos nós. torcedores, e pelos nossos jogadores", escreveu a presidente. "Mas não vamos nos deixar alquebrar", afirmou.

Ela recorreu a um trecho da letra do samba de Paulo Vanzolini, "Volta por cima", para demonstrar otimismo, apesar da derrota: "Brasil, 'levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima'".

Aécio Neves (PSDB)

Em post no Facebook, o candidato do PSDB Aécio Neves afirmou que sente a mesma "frustração" dos outros torcedores, mas que a derrota "não apaga o brilho do futebol brasileiro". Aécio Neves assistiu o jogo no estádio do Mineirão.

"Como torcedor e como brasileiro, compartilho a frustração que estamos todos sentindo. Uma derrota sofrida, difícil de entender, mas que não apaga o brilho do futebol brasileiro e muito menos do nosso povo. Apesar do resultado, envio o meu abraço aos nossos jogadores, à comissão técnica e a todos que lutaram para colocar o Brasil no lugar mais alto do pódio. Dessa vez não deu, mas vamos em frente! Outras vitórias virão", postou o candidato.

Eduardo Campos (PSB)

Candidato do PSB, Eduardo Campos disse pelo Facebook "lamentar" o resultado da partida, mas disse que o sonho do hexa foi apenas "adiado". "Lamento, como todos os brasileiros, o resultado de Brasil e Alemanha hoje. O povo brasileiro fez uma festa linda durante toda a Copa, mas o sonho do hexa foi, por ora, adiado. Tenho certeza de que voltaremos mais fortes em 2018."

Marina Silva, candidata a vice na chada de Eduardo Campos, afirmou que o time brasileiro deve aprender "lições" com a derrota, mas afirmou crer que os jovens da seleção "ainda nos darão muito orgulho e alegria". "Como disse David Luiz, se quiser recuperar o lugar que lhe cabe no mundo, o futebol brasileiro precisa aprender com as lições desta derrota. Estamos tristes pelo que ocorreu, mas temos que acolher e cuidar desses jovens atletas da seleção, que ainda nos darão muito orgulho e alegria", postou a candidata no Twitter.

Eduardo Jorge (PV)

O candidato do PV, Eduardo Jorge, também recorreu ao samba de Vanzolini: "Levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima, Brasil!"

Levy Fidelix (PRTB)

Levy Fidelix, que disputa o cargo pelo PRTB, usou o Twitter para criticar a presidente Dilma Rousseff. "A Alemanha salvou o Brasil do PT. O Governo mais pé frio da história levou o Brasil ao seu maior desastre no futebol. A geração de hoje jamais esquecerá Dilma", postou.

Fidelix afirmou que, com a derrota do Brasil, espera que as pessoas comecem a pensar nas eleições. "Milhões de crianças estão chorando por um Brasil humilhado no futebol. Quem vai enxugar estas lágrimas e a desesperança no futuro? As urnas."

G1

Nenhum comentário