FECHAR

.....

.....

.

.

ÚLTIMAS

Orkut sairá do ar antes do final do ano

Após dar adeus ao serviço de mensagens instantâneas MSN (ou Windows Live Messenger), no ano passado, chegou a hora de os usuários da internet se despedirem de mais um serviço que fez parte da história de muitos. A Google do Brasil, responsável pelo site, decidiu que o fim da maior rede social do mundo até 2011, o Orkut, deve chegar até o final deste ano.

A justificativa da empresa é de que, ao longo da última década, outros sites como o Youtube, Blogger e Google+ tiveram um grande crescimento e, por isso, é hora de “concentrar nossas energias e recursos para tornar essas outras plataformas sociais ainda mais incríveis para todos os usuários”.

A data para que o site seja descontinuado é o dia 30 de setembro de 2014, mas a partir desta segunda, novos usuários não poderão mais ingressar na rede social. A informação já está disponível na Central de Ajuda do Orkut.

Até o dia 30 de setembro, no entanto, a notícia não terá impactos para as pessoas que ainda utilizam a rede social. Em outras palavras, eles poderão exportar as informações do seu perfil, mensagens de comunidades e fotos usando o Google Takeout (disponível até setembro de 2016).

Apesar da despedida do Orkut, as comunidades, que fizeram sucesso ao longo da história da rede social não irão sumir. Para preservar a memória, o Google fará um arquivo com todas as comunidades públicas, que ficarão online a partir do dia 30 de setembro. Se o usuário não quiser que seu nome ou posts sejam incluídos no arquivo, será necessário que ele remova o Orkut permanentemente da conta do Google.

Mesmo com a migração de muitos usuários para outras redes sociais, como o Facebook, algumas pessoas ainda utilizam o Orkut. Este é o caso do estudante de jornalismo Henrique Souza, de 23 anos. Apaixonado por futebol, Henrique encontrou na rede social o espaço para debates construtivos.

“Entrei no Orkut em 2005 e até hoje eu ainda tenho um perfil. Quando comecei a usar, lembro que tinha muita gente, as comunidades eram mais visitadas e comentadas. Hoje em dia muita gente saiu e, apesar de parecer algo ruim, para mim foi melhor. Agora só quem realmente está interessado em ter debates construtivos ficou”, declara o estudante.

Para ele, o fim da rede social é lamentável. “Por incrível que pareça, tem muita gente que acha o Orkut útil, como eu. Claro que para ter contatos e conversar com os amigos, por exemplo, o Facebook é bem mais eficiente. Mas o Orkut tem suas vantagens e vai deixar saudades”, completou.

Para os usuários como Henrique, a Google deixa o recado: “Foram 10 anos inesquecíveis. Pedimos desculpas para aqueles que ainda utilizam o Orkut regularmente. Esperamos que vocês encontrem outras comunidades online para alimentar novas conversas e construir ainda mais conexões, na próxima década e muito além”.

NE10

Nenhum comentário